Rehagro Blog

Pesagem de animais na recria: qual o impacto dessa medida no manejo alimentar e no monitoramento dos animais?

A fase de recria compreende do desmame até a primeira inseminação, sendo um setor de investimento, onde se coloca dinheiro pensando num lucro futuro. Tem por objetivo o melhoramento genético, crescimento de rebanho, receita com venda de animais e investimentos que geram receitas após o primeiro parto.

O custo da recria pode ser considerado um dos maiores dentro da propriedade, onde dentro destes custos, a alimentação é o principal, representando aproximadamente cerca de 54% de todo o custo com a recria.

Nesse texto iremos discutir sobre a pesagem corporal de animais de recria, ressaltando as formas utilizadas para a realização da pesagem, bem como os momentos da vida da bezerra que é imprescindível realizar a pesagem e os principais motivos que fazem dessa prática um manejo fundamental dentro da fazenda.

 

Sem tempo para ler agora? Baixe este artigo em PDF!


Importância dos primeiros meses de vida do animal

É fundamental ressaltar que o sucesso no ganho de peso da recria inicia-se ainda na criação das bezerras desde o nascimento, visto que toda a vida de uma vaca é reflexo de todo o manejo com os primeiros meses de sua vida. As bezerras que adoecem precisarão de mais tempo para se recuperarem e assim, o desempenho de ganho de peso se tornará inferior, o que atrasa o ciclo desse animal para que se torne um animal em produção.

O GMD (Ganho Médio Diário) desejado de forma ampla para animais de recria gira em torno de 800 a 900 gramas/dia, o que atende uma boa meta de ganho de peso. Porém, é importante ressaltar que a depender da idade e fase que esse animal esteja, as metas de ganho de peso podem alterar e que além disso, toda a forma de criação da bezerra vai influenciar no ganho de peso na recria e, por isso, essa monitorização deve se iniciar ainda no dia do nascimento. 

Índice de ganho de peso: exemplo de metas

Fonte: Equipe Leite Rehagro

Ao entrar na fase de recria, a bezerra deixa de receber dieta líquida e passa a ingerir uma dieta à base de volumoso e concentrado. Dentro disso, para que a alimentação seja gerida com qualidade nesta fase, é fundamental que o concentrado seja ofertado desde o segundo dia de vida para que ocorra o desenvolvimento adequado das papilas ruminais, as quais contribuem ​​para a absorção do alimento.

Já os alimentos volumosos são benéficos de serem incluídos em uma fase final do aleitamento, que é quando o rúmen e as papilas já possuem um determinado grau de desenvolvimento. Ao chegar à fase da desmama, a dieta deve começar ser fornecida de maneira gradual, ou seja, precisa haver uma adaptação do consumo pelos animais da nova dieta, até atingir maiores quantidades de ingestão.

Banner Curso Gestão na Pecuária Leiteira

Mas como essa pesagem pode ser realizada?

A pesagem corporal permite a realização de análises posteriores de ganho de peso e desenvolvimento, auxiliando na tomada de decisões para melhorar o desempenho dos animais, além de avaliar a qualidade da dieta oferecida. Essa pesagem pode ser feita utilizando um balanças de pesagem de animais ou fita de pesagem específica para bovinos, posicionada ao redor do tórax do animal, como ilustra a imagem abaixo:

Pesagem corporal da bezerra utilizando uma fita de pesagem

Imagem demonstrando a pesagem corporal do animal utilizando a fita de pesagem. Fonte: Acervo Rehagro

Quanto à escolha do método de pesagem, tanto a balança quanto a fita corporal têm suas vantagens e limitações. Por isso, a escolha pode depender de vários fatores, incluindo disponibilidade de recursos, precisão desejada e praticidade.

A balança por exemplo oferece uma medida mais precisa do peso corporal e por isso são geralmente consideradas mais confiáveis, especialmente se foram calibradas corretamente, entretanto, requer um investimento financeiro mais alto na compra e manutenção de uma balança. 

Já a fita de pesagem corporal possui um baixo custo, sem muito baratas em comparação com as balanças, mas podem ser práticas devido a sua utilidade em qualquer situação ou lugar. Ao contrário da balança, a precisão das fitas pode ser afetada por vários fatores, como a habilidade do operador e o comportamento do animal e, portanto, os resultados podem ser menos precisos.

E-book criação de bezerras leiteiras

Quando a pesagem de animais é essencial?

É interessante realizar a pesagem pelo menos em quatro momentos da vida do animal: ao nascimento, ao desmame, à liberação para a reprodução e ao parto. A partir dessas pesagens, é possível checar os indicadores importantes para o acompanhamento da recria da fazenda. 

Em relação às novilhas holandesas, é esperado que o peso dos animais na concepção seja de 55% do peso adulto do rebanho e devem chegar ao primeiro parto com 91% do peso na idade adulta (NASEM, 2021). Neste sentido, para um rebanho adulto com peso médio de 600 kg, é esperado que as novilhas atinjam o peso de 330 kg e 546 kg, respectivamente, em cada momento da vida citado acima. 

Isso é fundamental para monitorar o ganho de peso da recria, atuar nas oportunidades de melhoria observadas e também definir a estratégia de ganho de peso dos animais, com base para o seu rebanho, considerando a média de peso dos animais adultos da propriedade.

Se você não está conseguindo atingir o ganho de peso ideal desta categoria, repense:

  • Estou realizando adaptação para a nova dieta dos animais, após a desmama, de forma adequada?
  • Estou fornecendo espaço de cocho e ambiente adequado aos animais em cada fase da recria?
  • Como está a prevenção e a ocorrência de doenças na categoria?
  • Há oportunidades de melhoria na dieta e manejo nutricional destes animais?

Fonte: NASEM,2021

Mas então, por quais motivos a pesagem corporal da recria se torna uma prática essencial?

  1. Monitoramento do crescimento: pesar regularmente os animais permite monitorar o crescimento individual de cada animal ao longo do tempo. Isso é crucial para garantir que estejam se desenvolvendo adequadamente e alcançando pesos corporais desejados para cada fase. 
  2. Identificação de problemas de saúde: mudanças no peso corporal podem indicar problemas de saúde, como por exemplo doenças e infestação por parasitas. Detectar problemas precocemente permite intervir rapidamente, o que pode evitar complicações e prejuízos à saúde. 
  3. Ajuste da alimentação: com base nos dados de pesagem, os gestores podem determinar a necessidade de ajuste na dieta ou na quantidade de alimento ofertado aos animais. Isso é importante para garantir que recebam os nutrientes necessários para um crescimento saudável;

O setor da recria é parte fundamental para o sucesso da atividade leiteira. Durante essa fase, estamos investindo no futuro da propriedade, cuidando para que os animais jovens, geralmente com maior potencial genético do rebanho, tornem-se vacas mais produtivas no futuro. Para que isso ocorra, é fundamental que todos os processos tenham foco na eficiência do setor, otimizando os custos de produção dessa categoria e com animais apresentando bom desempenho. 

Para alcançar esta eficiência zootécnica e econômica, podemos citar algumas premissas básicas, sendo elas relacionadas aos manejos para a prevenção da ocorrência de doenças, alimentação balanceada e conforto adequado

  • Realize uma adaptação da dieta adequada para as bezerras recém- desmamadas, contribuindo para o bom consumo e ganho de peso nessa fase; 
  • Forme lotes homogêneos e de até 8 bezerras após a desmama, reduzindo a competição entre elas e contribuindo para a avaliação de doenças nesse período;
  • Garanta um ambiente com sombra e bom fluxo de ar para os animais em aleitamento e pós-desmama;
  • Garanta espaço de cocho adequado para os animais que estarão em grupo.

Em resumo, sabemos então que a pesagem corporal dos animais de recria em uma fazenda leiteira é uma prática essencial e que contribui para o monitoramento do crescimento, da saúde e do desempenho dos animais. Além disso, podemos considerar esse manejo como uma ferramenta de auxílio na gestão nutricional e de manejo.

Tenha mais produtividade na produção de leite!

Saiba como ter mais eficiência em sua propriedade com o Curso Gestão na Pecuária Leiteira do Rehagro!

Descubra segredos validados por consultores experientes, garantindo eficácia na gestão financeira e resultados robustos. 

Saiba como aprimorar seu manejo reprodutivo, reduzir custos e alcançar novos patamares de lucratividade. 

Clique no banner abaixo e saiba como ter mais produtividade na sua propriedade leiteira e conquistar sucesso desde o primeiro módulo!

Curso Gestão na Pecuária Leiteira

Mariana Torres - Equipe Leite RehagroLaryssa Mendonça

Comentar