Rehagro Blog

Fábrica de ração para bovinos leiteiros: o que você precisa saber

Sabemos que cada vez mais as fazendas estão em busca de reduzir custos e, além disso, deter de flexibilidade para a formulação das dietas dos animais e com isso cada vez mais as fazendas têm investido na própria fábrica de ração.

A fábrica de ração na própria fazenda pode ser viável em muitos casos, mas isso depende de diversos fatores, dentre eles o tamanho da fazenda, a quantidade de animais, disponibilidade de matéria-prima, conhecimento técnico e infraestrutura disponível. 

Nesse texto iremos entender melhor alguns aspectos relacionados com a fábrica de ração, dentre eles os benefícios de se ter essa estrutura dentro da propriedade, os principais tipos de fábrica de ração e os principais pontos a serem considerados em cada um desses tipos. 

O que é ração?

Entendemos por ração ou concentrado uma mistura de ingredientes proteicos e energéticos triturados com adição de minerais e vitaminas, que são ofertados aos animais junto à forragem ou isoladamente. A dieta de uma vaca em lactação é constituída em média por 20-25% de concentrado e podemos observar dois grandes problemas em relação a esse produto adquirido pronto pelas fazendas: qualidade e custo. 

A ração comercial já vem pronta para ser fornecida aos animais, podendo ser uma ração padrão ou uma personalizada para o seu rebanho. Porém, pensando em minimizar os custos de produção e buscar cada vez mais a garantia da qualidade dos componentes da dieta dos animais, grande parte dos produtores estão tirando do papel o plano de comprar os insumos e realizar a mistura na fazenda, visto que o avanço das tecnologias vem contribuindo cada vez mais com a velocidade do desenvolvimento do ciclo de produção, tirando a exclusividade da instalação de uma fábrica de ração para grandes produtores. 

Banner Curso Gestão na Pecuária Leiteira

Deter na própria propriedade uma infraestrutura para a produção de alimentos pode proporcionar a fazendas grandes benefícios, por exemplo: 

  • Redução nos custos;
  • Autonomia em relação ao mercado;
  • Maior agilidade operacional;
  • Controle e flexibilidade nas formulações das dietas;
  • Qualidade. 

Entretanto, é importante avaliar com cautela antes da decisão de investir na construção de uma fábrica de ração na fazenda, sendo indispensável uma análise cuidadosa dos custos, benefícios e necessidades específicas da sua operação. O aconselhável é realizar um estudo de viabilidade levando em consideração os aspectos financeiros, técnicos e regulatórios antes de tomar qualquer decisão.

Webinar Gestão eficiente de propriedades leiteiras

Quais os tipos de fábrica de ração?

A fábrica de ração em fazendas leiteiras pode ser realizada de diversas maneiras, a depender das necessidades específicas da fazenda e dos recursos disponíveis. Dentre os tipos comuns de fábricas de ração usadas, temos: 

Fábrica de ração compacta ou móvel

Esse tipo de fábrica de ração é uma opção compacta e muitas vezes móvel, podendo ser instalada diretamente na fazenda. Ela inclui moinhos, misturadores e equipamentos de processamento de ração.

Essas fábricas são mais indicadas para fazendas de pequeno e médio porte. Entretanto, existem algumas considerações importantes ao implementar esse modelo de fábrica de ração: 

  • Escolha dos equipamentos: é necessário a aquisição de equipamentos necessários para toda a produção, incluindo moinhos de grãos, misturadores e sistema de transporte dos ingredientes. Importante certificar se está sendo escolhido um equipamento de qualidade que atenda às suas necessidades de produção;
  • Localização e instalação: o local a ser escolhido para a instalação deve ser de fácil acesso para a entrega de matérias-primas, mas também próximo o suficiente do local onde os animais serão alimentados. 
  • Fontes de matérias-primas: certifique-se de ter fontes confiáveis de matérias-primas e mantenha um estoque adequado para que seja possível a produção contínua da ração. 
  • Formulação de ração: desenvolva formulações de ração que atentam às necessidades nutricionais específicas de cada categoria animal a ser tratada. Para isso é importante contar com ajuda de profissionais capacitados para garantir que a dieta esteja equilibrada e eficaz. 
  • Manutenção preventiva: é importante manter os equipamentos em boas condições por meio de manutenção preventiva regularmente. Isso ajudará evitar que o equipamento pare de funcionar em momentos não esperados, além de também prolongar a vida útil do mesmo.

Equipamento de compõe uma fábrica de ração móvel/compacta

Equipamento de compõe uma fábrica de ração móvel/compacta. Fonte: MF Rural

Fábrica de ração estacionária

Fazendas com necessidade de maior volume de produção podem optar por construir instalações de produção de ração estacionárias. Essas são projetadas para uma produção em maior escala e mais consistente.

Nesse modelo, podem estar inclusos silos para armazenamento de grãos, equipamentos de mistura, sistemas de pesagem e controle de qualidade. 

Dentre as considerações importantes nesse modelo de fábrica de ração podemos citar: 

  • Planejamento e desing: importante deter de um plano detalhado e que leve em consideração a localização, o layout da instalação, a capacidade de produção e a disposição dos equipamentos. O Desing deve levar em consideração a eficiência operacional e o acesso facilitado aos ingredientes e ao transporte;
  • Aquisição de equipamentos: assim como em todos os outros modelos é importante investir em equipamentos de alta qualidade e que sejam compatíveis com a capacidade de produção planejada;
  • Construção e infraestrutura: construa a estrutura física da fábrica de ração, incluindo silos para armazenamento de grãos e matérias-primas;
  • Manutenção Preventiva: estabeleça um programa de manutenção preventiva para os equipamentos, garantindo que eles estejam sempre em boas condições de funcionamento. A manutenção regular ajuda a evitar interrupções não planejadas.

Sistema de fábrica de ração do tipo estacionária

Exemplo de sistema de fábrica de ração do tipo estacionária. Fonte: Branorte

Sistema de mistura e alimentação automatizado

É um sistema encontrado na minoria das fazendas do mundo devido ao alto investimento necessário. Esse sistema tem capacidade de misturar a ração no local por uma espécie de gancho e distribuí-la automaticamente para os animais conforme o consumido, não havendo sobras no carrinho devido à leitura constante, promovendo a rotina de alimentação. O alimento é depositado em média a cada 2 horas, eliminando a necessidade de uma fábrica de ração separada. 

E quais podem ser as vantagens desse sistema: 

  • Assistência periódica (não há picos);
  • Muito consistente e precisa (o fator humano não influencia);
  • Minimiza o efeito de fermentação (interação entre ingredientes que preservam as suas próprias qualidades);
  • Silencioso;
  • Preparar rações específicas conforme as necessidades de cada categoria ou lote.

Fábrica de ração automatizada com o equipamento do tipo Lely VectorFábrica de ração automatizada do tipo Lely Vector

Funcionamento do equipamento Lely Vector. Fonte: Lely Vector

A escolha do tipo de fábrica de ração ou sistema de alimentação depende das necessidades específicas da fazenda, do tamanho da operação, dos recursos financeiros disponíveis e do nível de controle que o produtor deseja ter sobre a dieta dos animais.

Independente do método escolhido, é importante garantir que a dieta atenda às necessidades nutricionais dos animais de cada categoria, garantindo assim a produção de leite de maneira eficiente e o desempenho dos animais.

Como aumentar produtividade, lucratividade e a qualidade do leite?

Caso você queira continuar tendo acesso a um conteúdo 100% aplicável à sua realidade, venha conhecer o Curso Gestão na Pecuária Leiteira.

Nele, você irá aprender como pequenos ajustes na sua propriedade, que muitas vezes não requerem grandes investimentos, podem ajudar você a transformar seus resultados, melhorando sua produtividade, lucratividade e a qualidade do leite produzido.

As aulas são dadas por consultores de grande experiência. Eles conhecem de perto os seus maiores desafios e levam para as aulas técnicas e ferramentas que possuem resultados comprovados na prática.

As aulas são 100% online e você pode fazer de qualquer lugar do Brasil.

Quer saber mais informações? Clique no link e confira!

Curso Gestão na Pecuária Leiteira

Laryssa Mendonça

Comentar