Rehagro Blog

Como calcular adubação mecanizada e manual?

Após calcular a necessidade dos fertilizantes por hectare, é importante que façamos o cálculo das doses para a pessoa responsável por regular a adubadora no campo. Ou também o cálculo da quantidade que será aplicada por planta, quando a adubação é manual.

A recomendação dos técnicos para a adubação do cafeeiro, é a aplicação de metade da dose do adubo de um lado da planta e metade do outro lado.

calcular adubação

Foto: REHAGRO.

Essa aplicação dos dois lados da planta de café se refere principalmente quando a adubação é mecanizada. Isso porque, em lavouras com adubação manual e declividade acentuada, essa prática fica mais dificultada. Dessa forma, sendo realizada apenas de um lado da planta – lado de cima.

Para fazer o cálculo para adubação mecanizada e manual, é necessário:

  • Após calculada a dose do fertilizante por hectare, seguindo os critérios de recomendação, deve-se calcular a porcentagem do adubo por parcelamento, no caso do nitrogênio e potássio.
  • Após calculado a quantidade de adubo por parcelamento, devemos saber o espaçamento entre as plantas, para o cálculo por metro linear ou estande de plantas.
  • Após o cálculo (Quantidade de adubo / metro linear), deve-se dividir o valor por dois, considerando que metade da dose será aplicada de um lado da planta e metade do lado oposto – em adubações mecanizadas.

Vamos fazer um exemplo prático para você entender melhor. Supondo que iremos fazer a recomendação da quantidade de adubo para a nossa primeira adubação, utilizando o nitrogênio (N).

Para adubação mecanizada:

Por exemplo, se a recomendação para o fertilizante nitrogenado para esta lavoura é de 229,3 kg/ha de nitrato:

calcular adubação

Vamos fazer o cálculo de metros lineares na lavoura, utilizando o espaçamento entre linhas:

10.000 m2 (1 hectare) / 3,6 m (espaçamento entre linhas) = 2.777,7 metros lineares

Dose de nitrato: 229,3 kg 

229,3 kg / 2.777,7 metros lineares = 0,0825 kg por metro = 82,5 g por metro.

No entanto, como a dose deve ser de cada lado, deve-se dividir por 2:

82,5 g por metro / 2 (lados da planta a serem adubados) = 41,2 g por metro de cada lado do cafeeiro.

Considerando que o trator demora 25 segundos para realizar o trajeto de 50 m, deve ser coletado de adubo em um lado da adubadora, nesse tempo (25 segundos):

41,2 g por metro x 50 metros = 2.060 gramas em 50 metros = 2,06 kg de nitrato em 50 metros.

Ou seja, em 25 segundos deve ser coletado em uma saída da adubadora a quantidade de 2,06 kg de nitrato, que corresponde a quantidade do fertilizante que irá cair em 50 metros, proporcionando a adubação de 41,2 gramas de nitrato por metro linear.

Para adubação manual:

Por exemplo, se a recomendação para o fertilizante nitrogenado para esta lavoura é de 229,3 kg/ha de nitrato:

Cálculo do número de plantas por hectare:

Com espaçamento de 3,60 m x 0,60 m, temos:

3,60 m x 0,60 m = 2,16 m

10.000 m2 (1 hectare) / 2,16 m2 = 4.629 plantas por hectare.

** Esse cálculo está considerando que está lavoura não possui falhas, em situações que a lavoura apresenta muitas falhas, deve-se considerar a porcentagem de falhas sob o número de plantas por hectare. Dessa forma, se a lavoura tiver muitas falhas, o número de plantas por hectare será menor, e consequentemente a dose por planta irá aumentar.

Considerando a dose de 229,3 kg de nitrato:

229,3 kg / 4.629 plantas = 0,0495 kg = 49,5 gramas por planta.

Conforme relatado acima, em relação as lavouras de adubação manual e declive acentuado, é mais complicado realizar a adubação dos dois lados da planta. Dessa forma, a dose para adubação manual nessa lavoura é de 49,5 gramas de nitrato por planta.

Considerações

É importante que saibamos fazer os cálculos de recomendação dos fertilizantes para adubação manual e mecanizada, para sempre passarmos aos responsáveis pela adubação a quantidade final a ser aplicada, e além disso, acompanhar a regulagem dos maquinários, quando a adubação for mecanizada, com o intuito de aplicar a quantidade correta do adubo, para não faltar e nem sobrar da quantidade final que deveria ser aplicada.

Essa conferencia de regulagens de maquinas é importante que seja bem feita, pois não adianta fazer uma recomendação adequada dos nutrientes, e na prática não ser aplicada a quantidade recomendada. Além disso, os indicadores de nutrientes que trabalhamos na lavoura, como por exemplo, do nitrogênio, que varia de 6 a 8 kg de nitrogênio por saca, deve considerar o nitrogênio que realmente foi aplicado na lavoura, e não aquele que foi recomendado. Por isso, devemos ficar atentos a essas quantidades e regulagens.

Comentar