Rehagro Blog

Nutrição foliar: pontos essenciais para o eficiente manejo

A nutrição foliar desempenha um papel crucial no desenvolvimento saudável das culturas. Neste artigo, vamos explorar quatro pontos essenciais para otimizar o manejo e a aplicação de nutrientes foliares.

É fundamental compreender que a adubação foliar complementa, mas não substitui, o manejo do solo. Vamos mergulhar em detalhes para construir um programa de nutrição foliar que impulsione o potencial das suas culturas.

Adubação foliar como complemento ao manejo do solo

As culturas têm demandas específicas de macro e micronutrientes. Embora a maioria desses nutrientes seja fornecida pelo solo, a adubação foliar desempenha um papel crucial como complemento ao manejo do solo.

Ela oferece estímulos vitais, especialmente em momentos de estresse, como baixa umidade no solo. Portanto, é essencial considerá-la como uma parte integrante do manejo nutricional.

Macronutrientes e Micronutrientes

Os macronutrientes são essenciais em quantidades substanciais, medidos em quilos por hectare. Uma compreensão detalhada do perfil do solo é crucial para fornecer esses nutrientes de forma precisa.

Por outro lado, os micronutrientes são necessários em quantidades menores, em gramas por hectare. Mesmo com dosagens menores, não devemos subestimar a importância de mantê-los em níveis adequados no solo.

Ilustração dos macronutrientes e dos micronutrientes

Webinar Utilização de micronutrientes

Extração e Exportação de Nutrientes

Compreender a extração e exportação de nutrientes é fundamental para fornecer o que a cultura necessita para prosperar. Por exemplo, para cada tonelada de grãos produzidos, o milho extrai 20 kg de potássio, enquanto a soja exporta 20 gramas de boro.

Essas referências são essenciais para garantir uma reposição nutricional adequada durante o ciclo da cultura.

Tabela da taxa de extração e exportação de nutrientes

Manejo Foliar

O manejo foliar desempenha um papel vital na superação de deficiências nutricionais e na maximização do potencial de crescimento das culturas. Em situações onde a disponibilidade de nutrientes no solo é limitada, a aplicação foliar se torna uma solução eficaz.

Essa prática é especialmente valiosa durante fases críticas, como o enraizamento, a formação de vagens e o enchimento de grãos.

Considerações finais

Ao compreender e implementar esses quatro pontos essenciais para o manejo de nutrição foliar, você estará no caminho certo para otimizar o potencial de suas culturas.

Lembre-se, a adubação foliar é um complemento valioso ao manejo do solo e desempenha um papel fundamental na promoção de um crescimento saudável e abundante.

Ao construir um programa de nutrição foliar bem planejado, você estará no controle do sucesso de suas culturas.

Transforme sua produção de grãos em um negócio lucrativo!

Conheça o Curso Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas e descubra segredos exclusivos para construir solos altamente férteis e potencializar seus resultados agrícolas. 

Junte-se a nós para dominar as propriedades químicas, físicas e biológicas do solo, aplicando técnicas validadas por consultores com mais de duas décadas de experiência. 

Não perca mais tempo – comece a colher melhores resultados agora! Clique no link abaixo e saiba mais.

Banner Curso Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas

Comentar