Rehagro Blog
historia do cafe e sua origem

A história do café e sua origem: da Etiópia ao Brasil

          Existem diversas lendas criadas em torno da história do café, sua origem e do consumo dos grãos de café, entretanto, a mais aceita se refere a um pastor chamado Kaldi, que viveu na Absínia, hoje Etiópia. Há mais de mil anos, esse pastor cuidava de suas cabras, e, observou que elas ficavam alegres e saltitantes após se alimentarem de folhas e frutos de um determinado arbusto dos campos. Assim sendo, elas eram capazes de caminhar muitos quilômetros em locais de subida, sem, contudo, demonstrar cansaço. Esse referido arbusto, era, na verdade, uma planta de café.

           Após a observação, esse pastor ficou curioso, e decidiu experimentar os frutos de café. Ele percebeu que sua disposição para o trabalho aumentou bastante, dessa forma, começou a mascar frutos de café para resistir ao sono durante as longas horas de leitura e oração. Posteriormente, a história logo se espalhou, e todos quiseram provar. Desde então, o conhecimento do efeito do fruto de café se espalhou pelo norte da África, até chegar ao mundo árabe.

história do café e sua origem
Casa de café na Palestina – Fonte Wikipédia

           Os Árabes, na verdade, foram os primeiros povos a fazerem uso do café. Eles utilizavam os frutos na forma de pasta, com a intenção de despertar o sono nos momentos de oração. No mesmo período, portanto, a religião muçulmana proibia bebidas alcoólicas, esse fato ajudou a aumentar o consumo do café. Esse famoso efeito dos frutos de café se disseminou até chegar aos mosteiros, em que os monges tomavam como chá, a partir da infusão das folhas e frutos.

           Um monge em certo dia, colocou um ramo de café com folhas e frutos para secar, próximo a um fogão, no entanto, ele se distraiu, e de repente, sentiu um cheiro agradável que exalava dos grãos torrados. A partir do ocorrido, os monges curiosos, trituraram os grãos torrados, e depois prepararam a bebida. Desde então, surgiu essa forma de tomar café, em que é utilizada até os dias atuais.

Primeiros cultivos do café

         Os primeiros cultivos de café se iniciaram nos séculos XIV e XV na região do Iêmen, país árabe, onde o fruto era consumido in natura. Já no século XVI, o café havia atingido a região de Istambul, na Turquia, e depois chegou ao Cairo, Capital do Egito, tornando-se o maior mercado de distribuição do produto.

        Até o século XVII somente os árabes produziam café. Os Alemães, Franceses e Italianos buscavam desesperadamente uma forma de desenvolver o plantio em suas colônias. No entanto, foram os holandeses os primeiros a levar a planta até a Europa e mudar a história do café ao conseguir cultivar as primeiras mudas, vindas de Mokha na Península Arábica, no jardim botânico de Amsterdã.

Os franceses, por sua vez, ao receberem mudas de café como presente, utilizavam-nas para fazer testes nas Ilhas Sandwich e Bourbon. A experiência dos Holandeses e Franceses fizeram com que o cultivo de café se espalhasse para outras colônias europeias, e de lá para países africanos.

Chegada do café no Brasil

           A história do café no território brasileiro, vindo da Guiana Francesa, iniciou quando o Sargento-mor Francisco de Melo Palheta foi a Guiana Francesa, e trouxe uma muda de café escondida na bagagem. Chegando inicialmente, em Belém do Pará, e iniciou seu cultivo apenas nas províncias do norte do país, em pequenas plantações.

Quer saber mais sobre a Importância do café no Brasil? Clique aqui.

webinar-leite

Comentar