Rehagro Blog
folha com mancha de Phoma

O que você sabe sobre mancha de phoma

O que você sabe sobre mancha de phoma
Gostou desse artigo?

Neste período mais frio é importante estar atento a mancha-de-phoma, causada pelo agente etiológico Phoma tarda, essa doença pode acarretar em prejuízos ao cafeeiro, como:  desfolha, queda de botões florais, queda de chumbinhos e seca de ramos.

Sintomas da mancha de Phoma

Os sintomas dessa doença são lesões profundas e escuras, que podem envolver todo diâmetro do ramo e causar seca da extremidade ou do ponteiro. Nas folhas, ocorrem manchas escuras necróticas de tamanho variado e halo concêntrico. As lesões nos bordos das folhas podem provocar curvatura.

mancha-de-phoma

Esse fungo é favorecido por baixas temperaturas, vento e umidade relativa alta. Dessa forma, regiões de altitudes superiores, propícias a ventos frios com baixas temperaturas noturnas  e  presença de orvalho são condições  ideais para o aparecimento dessa doença. Portanto, nessas regiões, deve-se realizar o controle preventivo.

Além disso, a adubação também pode interferir no aparecimento desse patógeno, uma vez que o excesso de nitrogênio pode acarretar em aumento da produção de tecidos jovens e suculentos, dessa forma sendo mais suscetíveis a entrada do patógeno. Nesse sentido, a adubação com cálcio torna-se uma importante ferramenta de manejo, visto que o cálcio é constituinte da lamela média das células, sendo assim, importante para o fortalecimento da parede celular.

Referências:

POZZA, E.A.; SALGADO, M.; PFENNING, L.H. Intensidade da mancha de phoma do cafeeiro (Phoma tarda) em diferentes temperaturas e tempo de molhamento foliar. In: XXXVI Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2003, Uberlândia-MG. Revista Brasileira de Fitopatologia-Suplemento, v.28. p.223-S223. 2003.

SALGADO, M.; POZZA, E.A.; PFENNING, L.H.; BERGER, R.D. Influência da temperatura e do tempo de incubação no crescimento micelial e produção de conídios in vitro de espécies de phoma do cafeeiro. In: XXXV Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2002, Recife. Revista Fitopatologia Brasileira, v.1. p.159-159. 2002.

ZAMBOLIM, L.; VALE, F.X.R. Manejo integrado das doenças do cafeeiro. In: ZAMBOLIM, L. (Org.). I Encontro Sobre Produção de Café com Qualidade. 1 ed. Visconde do Rio Branco: Suprema Gráfica e Editora, v. 1, p. 134-215. 1999.