Rehagro Blog
trado com terra

Como interpretar uma análise de solo e fazer os cálculos de recomendação

Por Larissa Cocato

Tabela 1. Resultado da análise de solo de 0 – 20 cm de profundidade em lavoura de café.

tabela

– Lavoura com 8 anos de idade.Informações do talhão 1:

– Produtividade esperada para esse ano agrícola: 25 sc/ha.

– Produtividade esperada para a safra seguinte a esse ano agrícola: 45 sc/ha.

– Teor de argila do solo: 40%

Tabela

Tabela 2. Padrões referenciais médios para avaliação de resultados de análise de solo na cultura do café.

Nutriente Método Unidade Baixo Médio Alto
pH Água uni < 5,0 5,0 a 6,0 > 6,0
P (fósforo) Mehlich mg/dm3 < 10,0 10,0 a 20,0 > 20,0
P (fósforo) Resina mg/dm3 < 25,0 25,0 a 50,0 > 50,0
K (potássio) Mehlich mg/dm3 < 60,0 60,0 a 120,0 > 120,0
Ca (cálcio) Mehlich Cmolc/ dm3 < 1,5 1,5 a 3,0 > 3,0
Mg (magnésio) Mehlich Cmolc/ dm3 < 0,5 0,5 a 1,0 > 1,0
S (enxofre) Fosfato monocálcio mg/dm3 < 0,5 0,5 a 1,0 > 1,0
B (boro) Água quente mg/dm3 < 0,5 0,5 a 1,0 > 1,0
V % % < 40,0 40,0 a 60,0 > 60,0

Adaptado Procafé.

Cálculo para recomendação de nitrogênio (N):

Como não há resultado de teor de nitrogênio na análise de solo, devido a sua dinâmica no solo, a recomendação para esse nutriente é feita com base na expectativa de produtividade esperada para a cultura:

N (Kgs/ha) = (produção (em sacas por ha) x 2,6) + (próxima safra (em sacas por ha) x 3,6)

Calculando:

N (Kgs/ha) = (25 sc/ha x 2,6) + (45 sc/ha x 3,6)

N (Kgs/ha) = 65 + 162

N (Kgs/ha) = 227 kg/ha de nitrogênio.

Se a fonte utilizada for a uréia, que possui 45 % de N, serão necessários:

100 kg de uréia _____ 45 kg de nitrogênio

X               _____ 227 kg de nitrogênio

X = 504,4 Kg de uréia por ha

No entanto, é necessário calcular a demanda de ureia com base na sua eficiência (percas por volatização ou lixiviação), que pode ser considerada de 60 à 80% dependendo das condições, assim consideramos 70%:

504,4 Kg de uréia / 0,70 (eficiência) = 720,6 Kg de uréia por ha

Dessa forma, com base nos cálculos, para essa lavoura com produtividade esperada para esse ano agrícola de 25 sacas por hectare e para a safra do ano seguinte de 45 sacas por hectare, é recomendado a aplicação de 227 kg/ha de nitrogênio. Utilizando a fonte ureia é demandado 720 kg desse fertilizante por hectare, considerando sua eficiência de 70%.

Cálculo para recomendação de fósforo (P):

Na análise de solo foi utilizado o extrator Mehlich, e o teor de fósforo é 15,5 mg/dm3, mas eu quero atingir 20 mg/dm3 (tabela 2). Por isso, é necessário aumentar 4,5 mg/dm3.

20 mg/dm3 (teor desejável) – 15,5 mg/dm3 (teor no solo) = 4,5 mg/dm3.

Conforme a tabela abaixo, utilizando o extrator Mehlich, para elevar 1 mg/dm3 de fósforo em um solo com 40% de argila, é necessário 30 kg de P2O5 (marcado em vermelho):

Tabela 3. Valores do fator CT (capacidade tampão de fósforo) para estimar a dose do adubo fosfatado, em função do teor de argila no solo, para os métodos de Mehlich 1 e resina.

Teor de argila Capacidade tampão de fósforo
Mehlich 1 Resina
% (kg P2O5/ha)/(mg/dm3 de P)
≤ 15 5 6
16 a 35 9 9
36 a 60 30 14
> 60 70 19

Dessa forma, se eu desejo aumentar 4,5 mg/dm3:

1 mg/dm3 ______ 30 kg P2O5

4,5 mg/dm3 _____   X

X = 135 kg P2O5 por ha.

Utilizando a fonte de Superfosfato Simples que possui 18% de P2O5, teremos que aplicar:

100 kg de super simples _____ 18 kg de P2O5

                X                               _____  135 kg P2O5

X = 750 kg de Superfosfato Simples.

Dessa forma, a quantidade de Superfosfato Simples recomendada será de: 750 kg desse fertilizante por hectare.

Cálculo para recomendação de potássio (K):

Para o nutriente potássio, pode-se trabalhar para manter 120 mg/dm3 no solo (tabela 2), adicionado a extração pela cultura, de acordo com a produção e vegetação:

Recomendação de K para produção e vegetação:

K (kg/ha) = (produção x 3) + (vegetação x 2,9)

K (kg/ha) = (25 sc x 3) + (45 sc x 2,9)

K (kg/ha) = 75 + 130,5 = 205,5 kg/ha de K2O

Recomendação de K para manter um nível de segurança no solo:

Como o solo já está com teor de potássio acima de 120 mg/dm3, vamos calcular para descontar essa reserva do solo da quantidade de potássio demandada para aplicação:

153,0 mg/dm3 (teor no solo) – 120 mg/dm3 (nível para manter no solo) = 33 mg/dm3

Em cmolc/ dm3 essa quantidade corresponde a: 0,08 cmolc/dm3 que preciso aumentar no meu solo:

1 cmolc/dm3 de K ______ 391 mg/dm3

X          ______ 33,0 mg/dm3

X = 0,08 cmolc/dm3

Para aumentar 1 cmolc/dm3 é necessário 942 Kg de K2O por hectare:

1 cmolc/dm3 de K ______ 942 Kg de K2O/ha

0,08 cmolc/dm3    ______     X

X = 75,4 Kg de K2O/ha

Recomendação de potássio:

205,5 kg/ha de K2O (para produção e vegetação) – 75,4 Kg de K2O/ha (reserva do solo) = 130,1 Kg de K2O/ha.

Se a fonte utilizada for o cloreto de potássio, que contem 60% de K2O:

100 Kg de KCl ______ 60 Kg de K2O

X             ______  130,1 Kg de K2O

X = 216,8 Kg de KCl por ha.

Tabela 4. Demanda de nitrogênio, fósforo e potássio por hectare para essa lavoura:

Nutriente Demanda do nutriente Fertilizante
N 227 kg de N 720,6 Kg de Ureia
P 135 kg de P2O5 750 kg de Superfosfato Simples.
K 130,1 kg de K2O 216,8 Kg de Cloreto de potássio (KCl)

webinar-leite

Comentar