13/05/2013 - Dia do Zootecnista

Informativo

Veja as edições anteriores


Cadastre-se e receba nosso informativo!


Nome
E-mail
Celular

Artigos Técnicos

Alguns aspectos das afecções de casco em bovinos (Parte I)
Escrito em 04/12/2004 por Lívio Molina, professor da EV-UFMG

Os problemas de casco em bovinos são reconhecidos como uma das principais causas de perdas econômicas nas fazendas leiteiras. O número de animais com problemas de casco têm variado de 3,75% a 60% ao ano nos rebanhos, sendo cada vez maior a sua incidência no Brasil nos últimos anos.

As perdas econômicas  causadas pelos  problemas nos cascos podem ser expressivas e estão relacionadas com:

1. Perda de peso,
2. Diminuição na produção,
3. Mastite,
4. Gastos com tratamentos,
5. Diminuição da ocorrência de cio
6. Aumento da taxa de descarte involuntário.

Partindo-se do conceito de que prevenir é mais barato que remediar, os cuidados com os cascos dos animais em fazendas leiteiras passam a ter papel fundamental na prevenção e correção do problema.

Aproximadamente 90% dos casos de manqueira em bovinos estão localizados nos cascos, sendo que a maior parte ocorre nos membros posteriores.

Podemos dividir as origens dos problemas de casco em três causas básicas:

1. As causas infecciosas são aquelas em que ocorre contaminação com bactérias e outros micorganismos.
2. Os problemas relacionados com a nutrição.
3. Os problemas relacionados com excesso de umidade e abrasão no ambiente dos animais.

Os problemas de origem nutricional

Laminite - é uma inflamação dos tecidos responsáveis pela formação e manutenção do casco, que resulta em alterações. 

Tipos de laminite

Aguda - geralmente está associada com doenças que causam toxemia e/ou excessivo consumo de grãos. A dor é intensa e o animal apresenta manqueira evidente.
Sub-clínica - é a forma mais importante de laminite, porque, em geral, está associada a erros de manejo e as alterações nem sempre são observadas pelo produtor.
Crônica - nessa forma as alterações são facilmente observadas e caraterizam-se por deformações nos cascos.

Causas de laminite

Nutrição - dietas desbalanceadas, tamanho de partícula no volumoso, fornecimento inadequado da dieta, etc.
Fatores infecciosos - metrite, mastite, etc.
Fatores ambientais - contusão, stress, traumas, etc.

Dependendo da causa e intensidade a laminite se manifesta em vários tipos de lesões.

Lesões associadas a laminite

Hemorragia de sola - manchas avermelhadas que variam em tamanho, causadas por lesões nos vasos sangüíneos.

Úlcera de sola ou broca dos cascos - são feridas que causam dor e manqueira e havendo contaminação a lesão pode evoluir para abcessos ou artrites.

Sola dupla - é uma falha momentânea na produção da sola caracterizada pela presença de duas ou mais solas separadas por espaço normalmente preenchido  por sujeira.

Doença da linha branca - infiltrações que ocorrem ao longo da linha branca decorrentes de falhas na produção da mesma.

Tratamento:

O tratamento para todos os casos de laminite envolve:

1. Casqueamento corretivo e funcional
2. Colocação de tamanco , caso necessário
3. Identificar e corrigir as causas

Na próxima semana estaremos finalizando esse artigo discutindo sobre os problemas de casco de origem infecciosa, sobre fatores ambientais e também sobre como previnir problemas de casco. Não perca !!!

Afecções de cascos em bovinos

Gostou? Compartilhe!
Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Letícia - 16/01/2012
Letícia
Estou com bezerros nascendo com os cascos descalcificados. O pessoal da região chama de sapateira. Qual pode ser a causa? E como evitar? Obrigada
luciano marega - 19/12/2011
luciano marega
Olá professor Lívio! Parabéns pelo artigo. Sou veterinário podologista.
Equipe ReHAgro - 09/12/2011
Equipe ReHAgro
Prezado Antônio, para indicar qual antibiótico deverá ser utilizado, é necessário diagnosticar qual é a ferida que o animal tem. Além do antibiótico, deve ser feita a limpeza da ferida e o tratamento local. O ideal é que solicite a visita de um técnico à sua propriedade para avaliar o animal e fazer a indicação do melhor procedimento a ser realizado.
Adilson Pereira Barbosa - 30/10/2011
Adilson Pereira Barbosa
O meu irmão tem uma fazenda leiteira e está observando que os bezerros estão apresentando diarréia associada com manqueira o que os leva a morte.Gostaria da sua ajuda, pois está dando muita dor de cabeça. Muito obrigado.
Tiatrizi Siqueira - 21/03/2012
Tiatrizi Siqueira
Olá Adilson! Provavelmente, está ocorrendo falha na cura de umbigo. Infecções no umbigo causam infecções sistêmicas, provocando alterações como essas que você citou. A cura de umbigo deve ser feita imediatamente após o nascimento com iodo 10%. Continuar fazendo essa cura até o 5º dia de vida do animal.
Equipe Rehagro - 19/08/2010
Equipe Rehagro
Caro Claudio, apesar de ser uma prática comum a utilização de cama de frango é proibida pelo Ministério da Agricultura. O balanceamento inadequado da dieta pode causar problemas nos animais independentes de quais nutrientes.
Equipe Rehagro - 03/02/2010
Equipe Rehagro
Caro Cidinei, é necessário chamar um veterinário na sua propriedade para que ele consulte seus animais e descreva qual o melhor tratamento para elas.
Equipe ReHAgro - 30/04/2009
Equipe ReHAgro
Prezados Mario Sílvio e Maria Augusta, Realmente os problemas de casco são resultado de problemas infecciosos, nutricionais ou ambientais,ou ainda, um conjunto desses fatores. Para todos eles, existe, sim, definição de causa e solução. O mais importante é que haja essa definição de causa, que pode ser feita por médico veterinário, para que as soluções possam ser buscadas. O ideal é atuar na prevenção, com manejo nutricional adequado, respeitando a proporção volumoso:concentrado, ambiente livre de umidade e pisos abrasivos ou com pedras, higiene de instalações. O uso de pedilúvio de forma rotineira e o casqueamento são ferramentas imortantes nessa busca.
Mauro Silvio Azeredo Abreu - 20/03/2009
Mauro Silvio Azeredo Abreu
A doença de casco é comentada em quase todos encontros de pecuaristas e não encontrei a solução/causa do mesmo. As caracteristicas se repetem: Inflamação (o animal apresenta manquira) em um dos membros anteriores (na mão), em seguida a infecção localiza no casco.
Equipe ReHAgro -
Equipe ReHAgro
Luciano, realmente,as doenças de casco podem evoluir a tal ponto que leve o animal à morte como consequencia da perda de peso e de infecções generalizadas de origem no problema nos cascos. Várias são as causas e os tipos de afecções que podem ocorrer e, portanto, você deve chamar um técnico à sua fazenda para identificar o que pode estar acontecendo e tratar possíveis casos que estejam ocorrendo. O mais importante para que não haja perda de animais é a prevenção e que o socorro em casos clínicos seja dado o quanto antes.
luciano camini -
luciano camini
Tenho uma propriedade pequena e crio umas cabeças de gado para corte , só que estou com problemas. Já perdi 3 garrotes por causa de manqueiras e não consegui descobrir o que pode ser que esta acontecendo. Espero que alguém possa me ajudar.